Tools

fachada reitoria 05

Renovação de contratos e novas contratações dependem que o calendário acadêmico esteja em vigor

O governo do Paraná publicou, nesta quarta (31), o decreto que autoriza o quantitativo de horas para a contratação de docentes temporários até 31 de dezembro de 2019. 

Para a Universidade Estadual de Maringá (UEM) foi autorizado o quantitativo de 18 mil horas semanais de trabalho docente, o que permite a renovação dos contratos dos 104 docentes que venceriam no dia 31 de julho e a manutenção dos docentes em regime especial (temporários) até o final do ano letivo.

No decreto o governo veda a renovação ou prorrogação de contratos e novas contratações de docentes temporários caso a universidade esteja com o calendário acadêmico suspenso. 

A Reitoria da UEM  convocou o Conselho de Ensino e Pesquisa (CEP) que irá se reunir nesta quinta-feira, dia 1º de agosto, às 9 horas, no auditório do Bloco C-34, para deliberar sobre a retomada do calendário acadêmico.

Leia aqui o decreto do governo.