Tools

 MG 8164 1

Quase 40% dos cerca de 18 mil inscritos farão o concurso pela primeira vez

Numa situação inédita na Universidade Estadual de Maringá, o curso de Medicina atinge a marca recorde de 413,7 candidatos disputando cada uma das 13 vagas entre os não cotistas e 266,7 competindo pelas 3 vagas destinadas aos cotistas.

A concorrência para o Vestibular de Inverno 2019 foi divulgada, hoje (24), pela Comissão Central do Vestibular Unificado (CVU), da UEM e pode ser acessada neste endereço.

O segundo curso mais disputado é o de Odontologia (41,5 entre não cotistas e 41,0 entre cotistas), o terceiro é Arquitetura e Urbanismo (37,5 entre não cotistas e 24,7 entre cotistas); o quarto, Psicologia (34,8 entre não cotistas e 24,0 entre cotistas) e o quinto mais concorrido é o curso de Direito matutino (32,1 entre não cotistas e 17,0 entre cotistas).

Os 18.008 candidatos inscritos para o concurso, dos quais 15.414 pelo sistema universal e 2.594 por cotas sociais, farão as provas do Vestibular nos dias 14 e 15 de julho, das 13h50 às 19 horas, em Maringá e em mais dez municípios.

Os demais municípios são os de Curitiba, Cascavel, Apucarana, Campo Mourão, Cianorte, Cidade Gaúcha, Goioerê, Ivaiporã, Paranavaí e Umuarama.

São 1.494 vagas oferecidas em cerca de 70 cursos de graduação, das quais 20% reservadas para o sistema de cotas sociais, visando beneficiar os estudantes de baixa renda.

Hoje também a CVU publicou no site a homologação das inscrições, certificando se o candidato está apto ou não a prestar o concurso conforme a documentação apresentada no ato da inscrição.

A consulta ao local de prova será liberada a partir de 14 de junho, também pelo site. O resultado do concurso será publicado no dia 16 de agosto e quem for aprovado iniciará o ano letivo em 2020.

Outras informações na Comissão Central do Vestibular Unificado, telefone 44 3011-4450. O atendimento na CVU é feito de segunda a sexta das 7h40 às 11h40 e 13h30 às 17h30. 

Ensino Médio

Pouco mais de 48% dos candicatos cursaram o ensino médio em escola pública, de acordo com o resultado do questionário socioeducacional publicado também nesta sexta-feira.

O documento ainda revela, entre outras coisas, que 72,81% é da raça branca, ante os 18,8% pardos e 3,09% negros; 24,93% têm renda familiar mensal de três a cinco salários mínimos; e 69,97% são do Paraná, contra 17,75% do estado de São Paulo e 5,93% de outros estados.

Outro dado do questionário é que 33,90% vão prestar vestibular pela primeira vez, enquanto que 57,23% dizem ter escolhido a UEM para fazer o concurso pelo fato de a instituição ser pública, gratuita e de qualidade.