Tools

abre

Evento, hoje e amanhã na UEM, reúne também caciques e outras lideranças de oito terras indígenas no Paraná

Caciques, lideranças, acadêmicos e professores indígenas de várias regiões do Paraná estão reunidos, desde a manhã desta quinta-feira (13), em frente ao Restaurante Universitário da Universidade Estadual de Maringá, no 1º Seminário dos Estudantes Indígenas da UEM, que prosseguirá até amanhã (14).

O evento tem a promoção da Associação dos Universitários Indígenas (AUIND) e é organizado pelos estudantes indígenas da UEM, com apoio de suas comunidades e parceiros, no formato de acampamento. 

CARTAZ AUIND 2 2

Trata-se, segundo os próprios organizadores, de um momento de grande relevância para a reflexão e debate sobre a manutenção e ampliação das políticas públicas do ensino superior indígena no Estado.

Ao longo do evento, eles irão debater temas emergentes sobre a formação acadêmica e atuação profissional, além das formas de ampliar a inserção indígena nas esferas de decisão das universidades e da sociedade paranaense.

Os participantes também irão refletir sobre a presença indígena na universidade, os avanços e o que precisa ser modificado, melhorado ou ampliado. 

frente 2 2

O encontro reúne representantes das terras indígenas Ivaí, Faxinal, Apucaraninha, Laranjinha, Pinhalzinho, Mangueirinha, Barão de Antonina e São Jerônimo.

As atividades tiveram início às 8 horas, com exposição cultural (artesanato, oficina de grafismo, grupo de dança). A cerimônia de abertura ocorrerá às 11 horas, com a presença de caciques, representantes da Comissão Universidade para os Índios (CUIA) da UEM, e de membros da equipe organizadora do seminário.

Às 14 horas, conferência de abertura, sobre o tema "Vivências e experiências na universidade"; às 15 horas, roda de conversa sobre o tema "Ser estudante indígena: desafios da atualidade"; e às 16h30, mesa redonda "Desafios no ensino superior indígena: acesso, permanência, desistência".

filmando 2 2

Às 21 horas, haverá a noite cultural, com troca de experiências entre sábios, universitários indígenas e membros da comunidade (contação de história).

Amanhã (14), às 8h30, mesa redonda "Avanços dos universitários Indígenas (discussão e apresentação da nova resolução da CUIA Estadual, reformulada pelos estudantes)"; às 14 horas, mesa redonda "Educação a distância (EaD): desafios e perspectivas"; e, às 15h30, encerrando o seminário, a mesa redonda "Perspectivas para os egressos".

Antes da solenidade de abertura, alguns líderes indígenas de Apucaraninha e São Jerônimo deram entrevista à Rádio UEM FM (foto). Outras informações pelo e-mail "Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo." ou telefone (44) 9 9998-0392.

 

radio 2 2

Serviço

O que é: 1º Seminário dos Estudantes Indígenas da UEM

Local: em frente ao Restaurante Universitário

Data: 13 e 14 de setembro

Abertura: 11 horas (dia 13, quinta-feira)

Atividades: exposição de artesanato, conferências, mesas redondas, contação de histórias, e noite cultural

Acesse a galeria de fotos da abertura do evento.