Tools

Reunião com Secretário da Ciência e Tecnologia do Paraná MG 0194

Em sua primeira visita oficial à Universidade, Décio Sperandio se reuniu com reitoria, pró-reitores e representantes dos conselhos e dos sindicatos

O reitor da UEM (Universidade Estadual de Maringá), Mauro Baesso, recebeu, na manhã de hoje (9), na sala dos Conselhos Superiores, o secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado do Paraná, Décio Sperandio. Em sua primeira visita oficial à instituição, o secretário reuniu-se com pró-reitores, representantes dos conselhos e dos sindicatos.

O reitor da UEM apresentou as principais demandas, entre elas, a inclusão do TIDE (Tempo Integral e Dedicação Exclusiva) na aposentadoria dos servidores, recursos para as obras inacabadas e reposição do quadro de servidores técnicos e docentes. Baesso ressaltou a importância do encontro e agendou novas reuniões já para a próxima semana para dar prosseguimento às ações acordadas para resolução das solicitações.

O vice-reitor, Julio Damasceno, ressaltou que a qualidade da UEM é o eixo principal que dá sustentação para a instituição ao longo do tempo e defendeu a autonomia da instituição. Damasceno solicitou que as discussões sobre o tema continuem e que prossiga o debate para que seja assegurada a autonomia da UEM.

 Reunião com Secretário da Ciência e Tecnologia do Paraná MG 0229

Demandas

A Pró-Reitora de Administração, Maria Helena Ambrósio Dias, enfatizou a necessidade da implementação de novas bolsas, de um novo projeto para o datacenter do NPD (Núcleo de Processamento de Dados) e a reposição de servidores de forma geral.

O Pró-reitor de Recursos Humanos, Luís Otávio de Oliveira Goulart, apresentou a questão do quadro de servidores técnicos da UEM. Segundo ele, a situação dos servidores técnicos e docentes é caótica com uma carência de aproximadamente 800 vagas. “Temos 270 vagas que estão se perdendo em razão de um novo parecer da Procuradoria Geral do Estado, que não permite a nomeação de aprovados após a data de vencimento do prazo de validade de concursos. Existem concursos em que não houve nomeação de nenhum dos aprovados”, destacou o pró-reitor.

Goulart lembrou também da necessidade de abertura de novos certames e fez um apelo ao secretário para que a situação tenha atenção da Seti, pois desde 2014, não é averiguada a anuência das vagas, que é a primeira etapa do concurso público.

Reunião com Secretário da Ciência e Tecnologia do Paraná MG 0196

Angelo Aparecido Priori, diretor do Centro de Ciências Humanas e membro do CAD (Conselho de Administração), destacou a necessidade de resolução das questões apresentadas durante a reunião, enfatizando o Tide e as obras de infraestrutura do câmpus sede. Em sua fala, afirmou que são fundamentais novas contratações para o quadro efetivo dos docentes.

José Maria de Oliveira Marques, presidente do Sintemar, destacou a fala do pró-reitor de recursos humanos, a respeito da contratação de servidores técnicos e a questão do Tide e garantiu que irá cobrar ações efetivas da Seti com relação às demandas colocadas durante a reunião.

O presidente do Sesduem, Edmilson da Silva, pediu respeito à data-base dos servidores para garantia dos ajustes salariais. Solicitou também ao secretário um canal de comunicação com a governadora, auxiliando no contato para agendamento de visita oficial.

Rommel Dias Vanderlei, vice-diretor do CTC (Centro de Tecnologia) cobrou do secretário a questão do regime de trabalho de 20 horas semanais para temporários, instituído pelo decreto do Governo do Estado do Paraná. Segundo ele, é inviável a contratação para essa carga horária e solicitou que seja revista a questão para que sejam instituídas 40 horas.

Respostas do secretário

Reunião com Secretário da Ciência e Tecnologia do Paraná MG 0244

Sperandio afirmou que está à disposição para comparecer à Universidade para conhecer as demandas acadêmicas. “É necessário desenvolver um trabalho de convencimento dos gestores da administração do Governo do Estado para que os problemas sejam resolvidos”, afirmou.

O secretário explicou que após a sua posse, foram elaborados documentos para resolução dessas solicitações. O documento específico sobre o Tide já foi apresentado às lideranças políticas do Estado. A posição da Seti é de manter o Tide integrado na aposentadoria como regime de trabalho. De acordo com proposta apresentada à Sefa (Secretaria da Fazenda), o Tide deverá ser incorporado à aposentadoria desde que o servidor tenha tempo mínimo de dez anos. O secretário afirmou que o tema será encaminhado para a governadora e deverá ter novidades nos próximos dias.

Segundo o secretário, foi produzido um documento específico sobre as nomeações e anuências dos concursos públicos. Foram encaminhados para a Sefa vários processos de nomeações na semana passada. Em relação às obras paradas, o planejamento é finalizar os projetos já licitados e em andamento.

Sperandio finalizou sua fala com o anúncio do investimento de R$ 25 milhões para ciência, tecnologia e inovação específicos para projetos que atendam demandas do Estado. Serão lançados editais para iniciação científica em pesquisas com foco em políticas públicas nas áreas de saúde, educação, agricultura e meio ambiente.