Tools

museu da Bacia do parana O Museu da Bacia do Paraná oferece nova edição do projeto, que conta com visitações noturnas e várias atividades surpresas

O Museu da Bacia do Paraná, da UEM, realiza, pela segunda vez na sua história, uma ação que vem se tornando tendência entre diversos museus em todo o mundo, que são as visitas noturnas. Como parte da programação do Dia Internacional dos Museus, comemorado em 18 de maio, o projeto Uma noite no Museu da Bacia do Paraná volta à cena, desta vez inaugurando a Exposição Maringá que se move: a expansão urbana e os meios de transporte.

Além de oferecer uma incursão na malha urbana de Maringá, por meio de uma maquete, e do contato com alguns meios de transporte que integram o acervo do Museu, o público participante do projeto será surpreendido com diferentes atrações e atividades lúdicas.

Uma noite no Museu da Bacia do Paraná começa nesta sexta-feira, dia 18, com um grupo de estudantes de uma escola da região de Maringá. Uma vez por semana, o MBP abrirá para visitação noturna, mediante pré-agendamento. As visitas podem ser agendadas através do e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

A Exposição permanecerá aberta ao público até 30 de junho, também com atendimento regular das 8h às 11h e das 13h30 às 17h.

MPB

O Museu da Bacia do Paraná funciona na antiga residência de um dos diretores da Companhia Melhoramentos, responsável pela venda de lotes em Maringá, Londrina e cidades circunvizinhas. Com uma área de 250 m², a antiga residência foi cedida à Universidade Estadual de Maringá, tendo sido desmontada de sua localização original e remontada no câmpus da UEM.

A atual coordenadora do Museu, professora Sandra Pelegrini, lembra que a sede do MBP/UEM foi tombada como um dos bens culturais da cidade, pela Comissão Especial de Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural, da Secretaria Municipal de Cultura, da Prefeitura de Maringá.

A coordenadora adianta algumas atividades programadas para o decorrer deste ano. Uma delas é uma mostra interativa do patrimônio cultural e histórico por meio de QR Codes, informando a origem material e imaterial das peças para provocar emoção e memórias. A mostra estará aberta entre os meses de julho e setembro.

Na sequência, seguindo até dezembro, estão programadas mediações temáticas e rodas de diálogo com o enfoque na Educação Patrimonial e na hiperconexão dos espaços educativos e culturais.

O MBP fica na Av. Colombo, 5790 - Bloco Q02 - Zona 7, câmpus universitário. O telefone para contato é o (44) 3011-4294.