Tools

livros site

O processo de inclusão ainda está em trâmite e deve estar concluído até o final do primeiro semestre

A Editora da Universidade Estadual de Maringá (Eduem) inicia  2018 com o aceite na plataforma SciELO (Scientific Eletronic Library On-line) de seis novos livros publicados. São eles Relações Multiespécies em Rede: feminismos, animalismos e veganismo, organizado por Patrícia Lessa e Dolores Galindo; Agrotóxicos: um enfoque multidisciplinar, de Jorge Ulisses Guerra Vilalobos e Silvio Alexandre Fazolli; Histórias do Vestir Masculino: narrativa de moda, beleza e elegância, das autoras Ivana Guilherme Simili e Maria Clara Bonadio; O Mito do Cristianismo Ininterrupto no Arquipélago de Malta, do autor Thomas Bonnici; De Cuba a Tenochtitlán. A busca dos segredos da terra. Estudo da trajetória de Fernando Cortés no México (de 18 de fevereiro a 8 de novembro de 1519), do historiador José Joaquim Pereira Melo; Gêneros Textuais em Contexto de Vestibular, organizado Juliano Desiderato Antonio e Pedro Navarro.

A diretora geral da Eduem, Terezinha Oliveira diz que o processo de inclusão dos livros na SciELO é relevante para a Editora, para os autores e para a comunidade científica da UEM, pois além da plataforma ser o maior banco de dados de artigos científicos do Brasil, essas admissões expandem a divulgação das obras, assim como o trabalho da Eduem.

De acordo com a editora chefe, Luzmarina Hernandes, o processo de disponibilização dos seis novos livros na plataforma on-line está em tramitação. Ela acredita que até o final do primeiro semestre deste ano os livros já estarão disponíveis.

A Editora da UEM tem cerca de 20 obras e dois periódicos da Coleção Acta Scientiarum já indexados na plataforma SciELO.