Tools

CAP lixo eletronico

A iniciativa faz parte do projeto Lixo Eletrônico, que recolheu mais de 3 mil pilhas e baterias de celulares

Alunos do Colégio de Aplicação Pedagógica da UEM (Universidade Estadual de Maringá) entregaram, nesta segunda-feira (11), na Câmara Municipal de Maringá, 3.150 pilhas e baterias coletadas.

O material foi recolhido pelo Projeto Lixo Eletrônico, que iniciou as atividades em abril desse ano, a partir de uma parceria entre o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid)  e a sala de altas habilidades e superdotação, coordenada pela professora Kazuyo Yassunaga. Cinco alunos da Educação Infantil do Colégio atuaram no projeto pesquisando sobre os problemas do descarte incorreto de pilhas e baterias.

Sob coordenação do professor e supervisor do Pibid no Colégio, Maycon Raul Hidalgo, os estudantes realizaram a coleta de setembro a dezembro deste ano, com a participação das bolsistas Amanda Duarte, Nadiny Almeida e Bianca Fusinato.

O presidente da Câmara Municipal, Mário Hossokawa, e a coordenadora do Projeto Câmara Eficiente, Djanira Dias dos Santos, receberam os alunos, que entregaram, de acordo com a coordenadora, a maior contribuição de pilhas e baterias desde a implantação do projeto há 5 anos.

Na entrega, o coordenador do Pibid Biologia, Paulo Inada, parabenizou o presidente da Câmara pela iniciativa da coleta do lixo eletrônico e destacou a importância do projeto no Colégio de Aplicação Pedagógica, “que vem contribuindo na formação de alunos conscientes com os problemas ambientais e contribuindo para uma sociedade sustentável”.

 

Foto; Paulo Inada