Tools

Cap

Nesta edição, evento marca o início das atividades do novo programa INCT Observatório das Metrópoles; haverá também lançamento do Fórum Metropolitano pelo Direito à Cidade

Com a mesa-redonda " Planejamento para quem?" teve início, na tarde desta segunda-feira (27) e prosseguirá na quarta e sexta-feiras (29 e 30), na Universidade Estadual de Maringá (UEM), Bloco H-12, câmpus universitário, o 5º Seminário Segregação e Crescimento Urbano na Região Metropolitana de Maringá.

Nos dois primeiros dias, a programação inclui apresentação de pesquisas realizadas pelos alunos de graduação e pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo, Ciências Sociais, Estatística, Direito, Serviço Social, Engenharia Civil, Geografia e Administração, da UEM.

Entre os trabalhos que foram apresentados estão: Novo Centro de Maringá: privatização do espaço público; Parque do Japão: “culturalismo de mercado”; Parque Industrial 3: indústria da valorização imobiliária; Contorno Sul Metropolitano: viabilizado negócios imobiliários. 

fabi e ana

As professoras doutoras do curso de graduação e pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da UEM e pesquisadoras principais do Núcleo UEM/Maringá do Observatório das Metrópoles, Fabíola Castelo de Souza Cordovil e Beatriz Fleury e Silva, atuam como debatedoras.

Na quarta-feira (29), das 8 às 17 horas, ocorrerão as mesas-redondas A Cidade do Planejamento e a Cidade Real. O professor do Instituto Federal do Paraná (IFPR), Ricardo Luiz Töws, será o debatedor da primeira mesa, e o professor do curso de Arquitetura e Urbanismo da Uningá, Marcelo Pereira Colucci, atuará como debatedor da segunda mesa. Entre os trabalhos a serem apresentados estão: Qual o projeto econômico para a cidade?; IPTU progressivo no tempo e vazios urbanos; População em situação de rua: descontruindo a invisibilidade.

meninos

Além da apresentação dos trabalhos científicos realizados este semestre, na noite de quarta-feira, a partir das 19h30, os professores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e coordenadores do INCT Observatório das Metrópoles, Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro e Orlando Alves dos Santos Júnior, estarão à frente da mesa-redonda para debater o tema Como se governam as cidades. A ação também é alusiva a abertura da Oficina Regimes Urbanos- INCT Observatório das Metrópoles.

Na mesma ocasião, haverá o lançamento do Fórum Metropolitano pelo Direito à Cidade, que surge a partir da experiência do Fórum Maringaense pelo Direito à Cidade, com o objetivo de articular o debate sobre a governabilidade metropolitana. Na quinta-feira (30), as atividades serão exclusivas e restritas aos pesquisadores do INCT Observatório das Metrópoles.

Outras informações no facebook.