Tools

V seminário e1511363838638

O evento começa na próxima segunda-feira. As inscrições, on-line, são gratuitas e podem ser feitas até 26 deste mês

O Núcleo Maringá do Observatório das Metrópoles promove, nos dias 27, 29 e 30 de novembro, 5º Seminário Segregação e Crescimento Urbano na Região Metropolitana de Maringá. O evento contará também com oficina sobre a temática dos regimes urbanos; e o lançamento do Fórum Metropolitano pelo Direito à Cidade.

O Seminário consolida uma temática do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UEM (Universidade Estadual de Maringá), ancorada no Núcleo local do Observatório das Metrópoles, envolvendo alunos dos cursos de graduação e de pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo, Ciências Sociais, Estatística, Direito, Serviço Social, Engenharia Civil, Geografia e Administração.

No primeiro dia do evento, das 13h30 às 17h30, será realizada a mesa-redonda Planejamento para quem?, na qual serão debatidos os temas Novo Centro de Maringá: privatização do espaço público; Parque do Japão: culturalismo de mercado; Parque Industrial 3: indústria da valorização imobiliária; Contorno Sul Metropolitano: viabilizado negócios imobiliários. As debatedoras serão as professoras Fabíola Castelo de Souza Cordovil e Beatriz Fleury e Silva, do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da UEM.
O Seminário marca, ainda, o início das atividades do novo programa INCT Observatório das Metrópoles, intitulado As Metrópoles e o Direito à Cidade: conhecimento, inovação e ação para o desenvolvimento urbano, que será desenvolvido nos 15 núcleos regionais do Observatório. Em Maringá, os 35 pesquisadores que compõem o Núcleo desenvolverão as atividades de pesquisa e intervenção organizadas em quatro linhas de pesquisa:

1. Metropolização e o Desenvolvimento Urbano: dinâmicas, escalas e estratégias.

2. Direito à Cidade, Regimes Urbanos e a Financeirização-Mercantilização Da Cidade.

3. Direito à Cidade, Cidadania e Governança Urbana.

4. Estratégias Metropolitanas para o Direito à Cidade e o Desenvolvimento Urbano.

Também haverá o lançamento do Fórum Metropolitano pelo Direito à Cidade, que surge a partir da experiência do Fórum Maringaense, com o objetivo de articular o debate sobre a governabilidade metropolitana.

As inscrições para o evento são gratuitas e podem ser feitas até o dia 26 de novembro. Acesse o link para consultar a programação completa ou para inscrever-se.