Tools

Capa

O curso vai qualificar empreendedores informais, elevando o nível de qualificação profissional no município

O Programa Bom Negócio Paraná (PBNP), núcleo de Maringá, iniciou, em Ângulo, a primeira turma do projeto naquele município. A cerimônia de abertura ocorreu na última segunda-feira (14).

Após a solenidade, teve início o primeiro módulo da capacitação, com o tema Gestão de Negócios. Ao término do curso, os participantes receberão um certificado com carga horária de 66 horas.

O PBNP tem atuado na qualificação de empreendedores formais e informais, atuando em diversos municípios paranaenses, visando o progresso das atividades empreendedoras.

Marcelo

O coordenador do BNP/Maringá, Marcelo Farid, falou aos alunos da turma sobre a relevância do projeto de capacitação empresarial e sobre a importância da recente parceria com a prefeitura de Ângulo. Segundo Farid, que é professor da Universidade Estadual de Maringá (UEM), esta parceria tem o objetivo primordial de promover o desenvolvimento socioeconômico do município, assim como os demais municípios menores da região de Maringá.

De acordo com Farid, "há toda uma demanda de serviços que cidades pequenas necessitam e que acabam não sendo ofertados por falta de capacitação. Então, com professores treinados, vamos oferecer um curso focalizado para esses municípios”.

Para o prefeito Rogério Bernardo, a parceria com o programa é resultado de mais uma ação da administração pública do município, cuja pretensão é a elevação do nível de qualificação profissional de Ângulo. Os resultados esperados, segundo o prefeito, são a melhoria do emprego e o aumento do nível de renda da população.

sala frente

No que se refere à demanda pelo curso, a assistente social Ana Rosa ressaltou que "a procura superou as expectativas e o número de inscritos foi grande. Tem muita gente querendo se capacitar e com vontade de aprender”.

Além do prefeito e do vice, Alexandre Profeta, a solenidade reuniu, entre outras autoridades, a representante do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), Ana Rosa; e o consultor Maylisson Rodrigo, que ministrará dois módulos do curso.